FAB comemora os 30 anos do ingresso da mulher na FAB em solenidade especial

 Revista à tropa em solenidade dos 30 anos da mulher na FAB  Sgt Gabrielle Lima/CIAAR

AS PRIMEIRAS turmas femininas ingressavam pelos portões das escolas de formação da Força Aérea Brasileira (FAB) em 1982. Compostas por 148 alunas do Estágio de Adaptação ao Quadro Feminino de Graduados da Aeronáutica, no então Centro de Instrução de Graduados da Aeronáutica, hoje Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), e por 154 alunas que realizaram, no Centro de Instrução Especializada da Aeronáutica, no Rio de Janeiro, o curso de formação para ingresso no quadro feminino de oficiais. Para comemorar esse importante marco, o CIAAR sediou, na sexta-feira (23), o evento alusivo aos 30 anos do ingresso da Mulher Militar na FAB. Nestas três décadas, as oficiais e graduadas acumularam muitas vitórias e entraram para história das Forças Armadas, exercendo as mais diversas funções, de aviadora a intendente, passando pelas áreas de saúde e pelo Quadro Complementar.

Na cerimônia, presidida pelo Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Carlos Terciotti, foram homenageadas as instituições precursoras e as escolas de formação da mulher militar, com a entrega de placas comemorativas às representantes das diversas especialidades: 1º Ten Intendente Danielle de Souza Siqueira, da Academia da Força Aérea Brasileira (AFA), Suboficial Especialista em Enfermagem Diva Barbosa de Moraes Freitas Dantas, da Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAR), 1º Ten Pedagoga Vanusa Braga Cachoeira, do Curso de Formação de Oficiais do Centro de Instrução Especializada da Aeronáutica (CIEAR) e 1º Ten Fisioterapeuta Marcela Thomaz Cristeli de Oliveira, personificando as militares médicas, dentistas, engenheiras, oficiais temporárias e especialistas, bem como as pioneiras do Curso de Formação de Graduados do CIAAR.

“Participar desta solenidade foi muito emocionante e gratificante, nósnos sentimos prestigiadas. Tenho certeza de que teremos muito conquistas e vitórias nos próximos anos”, disse a Cadete Aviadora Betina Rauh, de 20 anos, da Academia da Força Aérea (AFA), que também ficou feliz por ter a chance de conhecer algumas das primeiras  integrantes turmas femininas da FAB, como a Suboficial da Reserva Vânia, egressa da segunda turma de graduadas.Desfile em solenidade dos 30 anos da mulher na FAB  S1 Eduardo/CIAAR

“Esta festa me traz muita emoção e muito amor pela minha farda, da qual tenho saudade desde que fui para a reserva no início deste ano. É uma oportunidade de voltar ao passado, me lembrar do momento em que pisei aqui pela primeira vez após o concurso, de tudo que a Força Aérea me proporcionou ao longo de todos esses anos”, explicou a Suboficial Vânia.

A execução do Hino dos Aviadores, nas vozes da 3º Sargento Musicista Fernanda Viviane Rabelo Silva, da 3º Sargento Musicista Franciellen Silva Brandão, ambas da Banda de Música do CIAAR, acompanhadas da 1º Sargento da Polícia Militar Luciana Mara da Silva e da Soldado Bombeiro Militar Natália Beatriz Anacleto Martins, foi um dos pontos altos da cerimônia, que contou também com exibição de vídeos comemorativos, uma exposição de painéis alusivos à trajetória da Mulher Militar na FAB, e a apresentação do grupo de ordem unida “Elite Especialista”, sediado em Guaratinguetá (SP), e que executa com habilidade e destreza movimentos diferentes das evoluções da ordem unida tradicional.

MINHA filha Charlene Moreira Aieta, ainda como Aluna da Escola de Especialistas em 2003

“Vocês merecem a nossa mais pura admiração, pois são mulheres valorosas que, sobretudo, conciliam suas famílias com o abnegado exercício do patriotismo, em proveito das asas que protegem o nosso amado Brasil”, ressaltou o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito, em mensagem produzida para o evento.

(Fonte: CIAAR)

Este blogueiro, que serviu à gloriosa Força Aérea Brasileira por mais de 30 anos, parabeniza nesta oportunidade às mulheres militares pelas grandes conquistas nestas três décadas.

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Posted by Rodolfo Elias da Silva Guerra on 24 de fevereiro de 2016 at 15:09

    Capitão, o Sr. é o Valetim que serviu na PA tendo o Tenente Cicero como comandante? Se sim , sou o Guerra 77/79.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: